Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Neptuno das Apostas

Casas de Aposta, Placard, Apostas Online, dicas e novidades.

Neptuno das Apostas

Casas de Aposta, Placard, Apostas Online, dicas e novidades.

Agripina, a Jovem, última descendente de Júlio César

Júlia Agripa Augusta, chamada Agripina, a Jovem, foi a quarta filha de Germânico e de Agripina e a única dos seus seis irmãos que sobreviveu até ao reinado de Cláudio. O casamento com o seu tio permitiu-lhe colocar no trono o seu filho Nero, eliminado dos planos dinásticos por Calígula.

 

Agripina, a Jovem

 

Quando Cláudio foi nomeado imperador no ano 41, nenhum dos irmãos de Agripina era vivo. Nero Júlio César, o mais velho, morreu exilado na ilha de Ponza, juntamente com a sua mãe; Druso Júlio César, o segundo, foi acusado de conspirar contra Tibério e acabou os seus dias na prisão do palácio imperial; Calígula, o terceiro, foi assassinado na conspiração comandada por Cássio Quereia; Júlia Lívila pereceu na ilha para a qual fora exilada por adultério com Séneca, e Júlia Drusila, a irmã mais velha, morreu de repente aos 22 anos. Agripina era, portanto, o último elo sobrevivente dos Júlios e, consciente do poder que o seu sangue lhe conferia, lutou pelo seu direito a ocupar o trono.

 

A sua ambição foi satisfeita quando o seu tio, o imperador Cláudio, com quem contraíra matrimónio no ano 48, adotou o seu filho Nero, fruto do seu casamento forçado aos 14 anos de idade com o detestável Cneu Domício Enobarbo. A autoridade materna depressa se tornou insuportável para Nero, que planeou o seu assassínio no ano 59.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D