Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Neptuno das Apostas

Casas de Aposta, Placard, Apostas Online, dicas e novidades.

Neptuno das Apostas

Casas de Aposta, Placard, Apostas Online, dicas e novidades.

O suicídio de Nero: "Que artista morre comigo!"

Na manhã de 9 de junho de 68, Nero despertou sozinho, abandonado e espoliado por quantos o tinham aclamado imperador durante 14 anos. Fora privado de uma morte rápida. Junto dele, ficaram Epafrodito, Néofito, Esporo e Faon, que ofereceu ao imperador a sua villa, a quatro milhas de Roma, como último refúgio. Partiram todos a cavalo disfarçados de escravos e, ao chegarem a casa, encorajaram Nero a matar-se, pois, se os soldados de Galba o apanhassem com vida, seria seguramente torturado.

 

O Suicídio de Nero

 

Repetindo o lamento "Qualis artifex pereo!" ["Que artista morre comigo!"], Nero ordenou que lhe fosse escavado um túmulo e que lhe oferecessem os rituais mínimos devidos a um defunto. Ao ouvir o galope dos cavalos que se avizinhavam, Nero cravou o punhal na garganta. Os seus libertos sepultaram-no entre a via Salária e a Nomentana. O Senado, desarmado durante todo o seu reinado, condenou-o à damnatio memoriae e todas as suas estátuas e inscrições foram obliteradas. Curiosamente, o teatro romano de Olisipo (Lisboa) não cumpriu a ordem e manteve a dedicatória ao imperador.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D